quarta-feira, 27 de julho de 2016

Papéis do Panamá: Netflix produzirá filme sobre escândalo fiscal

A Netflix está desenvolvendo um filme sobre o escândalo dos Papéis do Panamá baseado no livro “Panama Papers: Breaking the Story of How the World’s Rich and Powerful Hide Their Money”.
A gigante do streaming adquiriu os direitos do livro escrito pelos jornalistas alemães Frederik Obermaier e Bastian Obermayer, e fechou parceria com a produtora John Wells Productions (Álbum de Família) para a realização do longa-metragem.
Obermaier e Obermayer, que escrevem para o jornal alemão Süddeutsche Zeitung, basearam suas reportagens no acesso de um informante anônimo a 11,5 milhões de documentos dos escritórios da firma de advocacia, com sede em Panamá, Mossack Fonseca. Os documentos fornecidos detalharam como ricos e poderosos utilizaram a empresa para esconder suas finanças e escapar de impostos fiscais.
Os jornalistas irão trabalhar junto com a equipe de produção na realização do longa-metragem. “Estamos confiantes que, com o trabalho investigativo de Obermaier e Obermayer, seremos capazes de entregar uma narrativa emocionante que terá o mesmo tipo de impacto quanto os Papéis do Panamá quando eles foram revelados pela primeira vez ao mundo”, disse o COO da Netflix, Ted Sarandos, em comunicado.
Este é o segundo longa sobre os Papéis de Panamá anunciado este mês. O cineasta Steven Soderbergh está envolvido com um projeto de adaptação do livro “The Secrecy World”, de Jake Bernstein, sobre o escândalo.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário