sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Ben-Hur: remake pode representar prejuízo de até US$ 100 milhões

Com um custo de produção de US$ 100 milhões, e outras dezenas de milhões de dólares gastas com distribuição e marketing, o remake de Ben-Hur pode representar um prejuízo de dimensões épicas para os estúdios MGM e Paramount, que financiaram a obra.
Segundo uma reportagem da Variety, o resultado do lançamento do filme nesse último final de semana indica que a produção não vai alcançar o alto investimento para sua realização.
A obra teve uma estreia de apenas US$ 11,2 milhões nos Estados Unidos, enquanto internacionalmente o longa arrecadou US$ 10,7 milhões em 31% de todo mercado estrangeiro.
Fonte da imagem: Divulgação/MGM, Paramount
Especialistas da indústria observam que o filme pode ter uma carreira melhor nos territórios internacionais, especialmente em países mais religiosos (como o Brasil), e pode também recuperar parte do investimento com vendas em home video (em DVD e Blu-ray).
Apesar disso, fontes indicam que Ben-Hur precisava arrecadar US$ 250 milhões nas bilheterias mundiais para pagar seu orçamento – afinal, vale lembrar, cerca de 50% do valor dos ingressos ficam com as salas exibidoras.
Com essa estimativa, o remake pode dar um prejuízo entre US$ 60 e 75 milhões nas análises mais otimistas, ou até US$ 100 milhões no pior cenário. Isso deve configurar Ben-Hur como um dos maiores fracassos comerciais nos cinemas nos últimos anos.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário