quinta-feira, 30 de março de 2017

Séries que foram canceladas justo quando algo revelador estava para acontecer

Sabe quando o episódio da série termina com uma cena surpreendente, que deixa o espectador desesperado para conferir o que vai acontecer na sequência? Esse momento é chamado de “cliffhanger” — apesar de não existir uma tradução literal para o português, significa algo como a sensação de estar à beira de um precipício.
Essa verdadeira agonia passa quando chega o próximo episódio, que traz a continuação para aquele ponto pra lá de intrigante; porém, às vezes, as produções são interrompidas exatamente nesse intervalo e simplesmente acabam sem que o suspense seja revelado.
Confira algumas séries de televisão que foram canceladas desse jeito, deixando muita gente desapontada e angustiada:

Lois & Clark: As Novas Aventuras do Superman (1993-1997)

Depois de quatro temporadas, finalmente Lois Lane e Clark Kent se casaram. Apesar de a produção ter sido planejada para continuar após o casamento, a história foi interrompida com um cancelamento justo quando o casal encontrou um bebê kryptoniano — e o público ficou sem saber o que aconteceria depois desse twist.

Las Vegas (2003-2008)

A série que mostrava os contratempos

e as tramoias na administração de um cassino de Las Vegas foi cancelada repentinamente ao final da quinta temporada, quando uma das personagens principais (que estava grávida) começou a sangrar, e o público nunca soube se ela perdeu, ou não, o bebê.
Além disso, o chefão do cassino, que supostamente havia morrido em um acidente aéreo, aparece “vivinho da Silva”, mas ninguém entendeu o que aconteceu nem em que circunstâncias o empresário sobreviveu ao acidente — se é que ele estava mesmo naquele avião.

Popular (1999-2001)

O drama adolescente tinha como característica justamente apostar nos cliffhangers para encerrar a temporada, deixando o mistério para ser revelado somente no ano seguinte.
No entanto, o cancelamento repentino da produção na terceira temporada pegou a audiência de surpresa, e nunca se soube o que aconteceu com seus protagonistas, que se envolveram em situações como casamentos, festas e acidentes de carro.

The 4400 (2004-2007)

Eis que 4,4 mil pessoas desaparecidas desde 1938 retornam misteriosamente, sendo que algumas delas demonstram possuir habilidades especiais, como superpoderes, que surgiram após um neurotransmissor ter sido implantado em seus organismos.
Quem controla esses transmissores é o governo, por meio de uma droga sintética que acaba se alastrando pela cidade, causando muitas mortes. Bem quando a coisa estava “pegando fogo”, a série foi cancelada.

V - Visitors (2009-2011)

Com uma atriz brasileira como protagonista, a série de suspense e ficção científica mostrou uma ocupação alienígena nada amistosa, com seres reptilianos disfarçados entre os humanos preparando o terreno para a grande invasão.
Membros de um grupo de resistência descobrem as artimanhas dos aliens, se infiltrando em suas naves e causando muita discórdia, mas a série acabou sendo cancelada antes que a invasão de fato acontecesse, e o destino dos protagonistas ficou indefinido.

Terminator: The Sarah Connor Chronicles (2008-2009)

Devido aos altos custos dessa série de ficção científica em um futuro pós-apocalíptico, ela durou apenas duas temporadas. Bem produzida e envolvente, a trama foi cortada justo quando John Connor dá um salto para o futuro — futuro esse sobre o qual nunca havia ouvido falar em sua existência.

Deadwood (2004-2006)

Drama que se passa no Velho Oeste, essa série mostrou o crescimento de uma cidade desde seu acampamento inicial até a formação de comunidades e a chegada do capitalismo.
Mas a produção, que faturou oito prêmios Emmy e um Globo de Ouro, foi cancelada ao fim da terceira temporada, não mostrando o que aconteceu após os personagens matarem uma mulher inocente para que seu corpo se passasse pelo de outra personagem, que não havia morrido.

FlashForward (2009-2010)

A única temporada dessa produção mostrou um evento internacional misterioso, que fez com que todas as pessoas do planeta desmaiassem ao mesmo tempo por 2 minutos e 17 segundos, exatamente. Esse tempo foi o suficiente para que muitos acidentes e tragédias acontecessem, e, como se isso não fosse o bastante, todos os que acordaram tiveram sua consciência projetada para seis meses no futuro.
Essas visões (chamadas de “flashforwards”) são investigadas por um agente do FBI, e justo quando as pessoas têm uma nova visão, revelando cenas que somente aconteceriam 20 anos depois, a série foi cancelada abruptamente.

Hannibal (2013-2015)

A série sobre o psicopata canibal mais intrigante de todos os tempos focou na intensa relação de amor e ódio entre o assassino e um investigador especial do FBI, que também sofria com seus próprios problemas psicológicos, como a habilidade de sentir uma empatia extrema e, por isso, entender o funcionamento da mente dos assassinos com quem lidava.
O thriller psicológico contou com diálogos dúbios e uma fotografia de tirar o fôlego, e o cancelamento da série ao final enigmático da terceira temporada pegou todo mundo de surpresa, quando os protagonistas se jogaram de um penhasco — jamais revelando se sobreviveram e o que aconteceu depois disso.
Este texto foi escrito por Patricia Gnipper via N-Experts.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário