sábado, 1 de abril de 2017

Frozen: produtor revela que animação tinha inicialmente uma história bem diferente

O produtor Peter Del Vecho contou, em entrevista recente à revista Entertainment Weekly, que a animação Frozen tinha uma versão original bastante diferente do resultado que conhecemos.
“Quando começamos, Anna e Elsa não eram irmãs. Eles nem sequer eram da realeza”, contou Del Vecho.
“Anna não era uma princesa; e Elsa era uma autoproclamada Rainha da Neve, mas ela era uma vilã e a pura maldade – mais como o conto de Hans Christian Andersen. Começamos com uma vilã malvada e uma heroína inocente, e o final envolvia uma batalha épica com monstros de neve que Elsa tinha criado como seu exército”, revelou o produtor.
Fonte da imagem: Divulgação/Disney
No final original, o príncipe Hans acabava sendo o verdadeiro vilão, ao desencadear uma grande avalanche sem perceber que a tempestade também colocava em risco Anna, Elsa e todos em Arendelle; o que obrigava Anna a convencer Elsa a ajudar a salvar o reino.
No entanto, Del Vecho e os demais produtores perceberam que o final não era original o suficiente e que falta uma conexão emocional com Elsa, já que a personagem havia sido uma vilã por todo o filme.
“Uma das coisas que (o diretor) Chris Buck tinha na maioria das versões do filme era a cena em que o coração de Anna ficava congelado e precisava ser descongelado”, contou Del Vecho. “Chris disse: 'Será que precisa ser sempre o beijo do amor verdadeiro que resolve o problema? Será que precisa ser sempre o homem que chega para salvar a donzela? Poderia ser algo diferente?’ E isso levou a um novo final”, disse o produtor.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário