sexta-feira, 4 de agosto de 2017

A Torre Negra: crítica não aprova adaptação da obra de Stephen King!

Depois de anos na expectativa pela produção de uma adaptação para os cinemas de A Torre Negra, saga literária de Stephen King, os fãs finalmente vão poder conferir o resultado dessa longa gestação com um filme estrelado por Idris Elba e Matthew McConaughey.
Com direção de Nikolaj Arcel (O Amante da Rainha), A Torre Negra conta a história de um pistoleiro chamado Roland Deschain que percorre o mundo apocalíptico em busca da famosa Torre Negra, um prédio mágico que mantém a integridade do universo e está prestes a desaparecer.
A produção, de 95 minutos de duração, estreou nesta quinta-feira nos Estados Unidos, e as críticas só foram publicadas com poucas horas de antecedência ao lançamento nos cinemas. Porém, o resultado nas telas não está sendo muito comemorado, e parece que a obra é consequência de um projeto conturbado e que não sabia muito bem o que queria ser.
Fonte da imagem: Divulgação/Sony Pictures
Abaixo, selecionamos alguns comentários da crítica estrangeira para A Torre Negra. Confira!
  • Críticas:

A Torre Negra é tão espantosamente ruim que, quando você sair do cinema, você provavelmente ficará menos indignado por ter desperdiçado seu tempo e mais espantando que algo assim a) poderia ser realizado e b) foi lançado como algo que, teoricamente, serviria para lançar uma franquia multiplataforma” (Mike Ryan, do Uproxx).
Dar mais destaque à ação de A Torre Negra não é um pecado. O pecado é não ter espaço suficiente para isso. Como resultado, o filme fica sem fôlego das piores formas possíveis” (Justin Gerber, do Consequence of Sound).
Diálogos ruins, trama fraca, tudo bem. O maior problema: como um filme com Elba e McConaughey pode ter pouca garra?” (Darren Franich, da Entertainment Weekly).
A Torre Negra é um resultado bem mediado para um material de origem verdadeiramente incrível. Embora os ótimos protagonistas façam o melhor com o que receberam, isso não é suficiente para compensar a falta de tempo dedicado a construir os personagens e suas motivações no roteiro” (Marty Sliva, da IGN).
Embora seja satisfatório o suficiente para agradar muitos espectadores casuais, atraídos pelo nome de King e pelos atores Idris Elba e Matthew McConaughey, provavelmente decepcionará os fãs mais sérios e deixará outros novatos desapontados” (John DeFore, do The Hollywood Reporter).
Do começo ao fim, A Torre Negra, dirigido por Nikolaj Arcel com base na popular série de livros de Stephen King, parece o resto recuperado de outro projeto. O resultado é uma obra de fantasia que é vítima de tentar fazer demais e muito pouco ao mesmo tempo” (Dan Mecca, da Film Stage).
Os 95 minutos de duração que culminam os esforços de muitos anos de levar A Torre Negra para as telonas são um completo desastre; um filme fraco, raso e nada coerente” (Dan Callahan, do The Wrap).
O que poderia ter sido o próximo Game of Thrones ou Senhor dos Anéis acabou se tornando mais semelhante a um filme de Steven Seagal dos anos 1990 (e não um dos bons)” (Brian Truitt, da USA Today).
A Torre Negra estreia no dia 24 de agosto nos cinemas brasileiros. Você vai conferir?

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário