quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Entenda como a Netflix conquista o mundo inteiro

A Netflix já conseguiu se consolidar como uma empresa que consegue disponibilizar seu conteúdo em todos os continentes do planeta, além de consolidar a ideia de conteúdo original disponibilizado por completo para todos no mesmo dia. Essa estratégia fez com que o serviço de streaming alcançasse cerca de 300 milhões de usuários.
Segundo o vice-presidente de inovação de produto Todd Yellin, Stranger Things teve até mesmo um espectador na Antártica. Por mais que este alcance global seja o que todo investidor queira para o seu negócio, isto implica que é necessário realizar campanhas promocionais gigantescas ao redor do globo.
Um dos elementos importantes para conquistar o público é a localização bem realizada com dublagens e legendas. Recentemente, o anime One Punch Man entrou no catálogo brasileiro e foi muito elogiado pela forma que as piadas com contexto tupiniquim foram inseridas na animação, sendo comparada até mesmo com o clássico Yu-Yu Hakusho, que fez o mesmo sucesso na época de ouro do canal Manchete.
As referências visuais e temáticas de Stranger Things é um fator de nostalgia que consegue conquistar o público com facilidade, o que tornou a série um dos maiores sucessos mundiais da empresa. Entretanto, nomes como Demogorgon e Upside Down são mais complexos de traduzir para cada língua, comentou o Diretor de Localização Denny Sheehan em uma entrevista ao Business Insider.
Como o universo criado pelos Duffer Brothers é repleto de referências, a tradução feita pela Netflix precisa de mais estudo, principalmente em relação à cultura daquela época. Por isso, eles tiveram que pesquisar mais sobre Dungeons & Dragons antes de decidir quais seriam os nomes dos monstros para cada país. Não é simplesmente traduzir a palavra isolada, mas entender todo o contexto que existe em volta daquilo.
Após todo o processo de localização, a Netflix ainda precisa compreender como vender cada série e filme para aquele mercado. Algo que torna até mesmo a escolha da thumbnail mais importante. O serviço de streaming utiliza um recurso chamado “desejo da comunidade”, que lê os dados sobre os estilos que o espectador já assistiu na plataforma e assim seleciona um dos dois mil modelos disponíveis para ilustrar aquilo que o usuário está escolhendo ver. Por exemplo, se a pessoa está acostumada com filmes de terror, o thumbnail será mais assustador, mas se a sua preferência é por comédias, a imagem será muito mais divertida.
Este texto foi escrito por Gustavo Rodrigues via N-Experts.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário