quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Séries originais da Apple não terão sexo, violência e palavrões

Quem está acostumado com as doses elevadas de sangue, violência e sexo em séries de emissoras e serviços de streaming pode estranhar a futura programação original em vídeo da Apple. Isso porque, segundo uma reportagem publicada pela Bloomberg, o conteúdo transmitido será bastante restrito nesses quesitos.
A vontade da Maçã é lançar séries e programas de TV focadas em "comédias e dramas emocionais com vasto apelo". Os títulos This is Us e Amazing Stories são tidos como exemplares nesse quesito. Por outro lado, o gore de The Walking Dead ou a nudez eventual de Game of Thrones seriam terminantemente proibidos.
Executivos de produtoras já estariam chateados com esse controle excessivo da empresa de Tim Cook, taxando a marca de conservadora e exigente demais. O próprio CEO admitiu que a estreia de Carpool Karaoke foi adiada justamente para um controle mais rígido do conteúdo em alguns episódios, que inicialmente apresentavam "termos chulos e temas como higiene íntima".
A ideia da Apple não é só disseminar o conteúdo para consumidores de todas as idades, mas também exibir os vídeos nas Apple Stores — que são frequentadas inclusive por crianças. Além disso, as séries não serão mais exibidas via Apple Music, já que a ideia é justamente desvincular os serviços e dar asas ao novo (e casto) mundo de streaming de vídeo da Maçã.
Este texto foi escrito por Nilton Kleina via Tecmundo.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário