quinta-feira, 16 de novembro de 2017

15 erros de filmes da DC que pensaram que você não iria notar

Os filmes nos transportam para diferentes universos e lutam para conquistar envolvimento. Por isso, os estúdios não querem que um erro apareça na tela para lembrar que você está apenas assistindo a um filme. Afinal, isso afeta a sua experiência, além de deixar a produção em maus lençóis. No entanto, o próprio Universo Estendido da DC já cometeu algumas gafes nos filmes; confira 15 exemplos.

15. Estação Bay Street (Esquadrão Suicida)

Quando a equipe entra no metrô, os sinais internos inicialmente a identificam como estação Central, mas, quando a equipe chega à entrada exterior, a sinalização mostrada é Estação Bay Street.

14. Equipamento em cena (O Homem de Aço)

Durante a batalha final em O Homem de Aço, quando as pessoas correm em direção a uma ambulância, o reflexo do microfone aparece no para-brisa do veículo.

13. Zíper de Steve (Mulher-Maravilha)

Steve se veste e fecha o zíper da calça, antecipando tendência! Mulher-Maravilha se passa durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918), e o zíper só entrou em uso depois de 1925.

12. Neve digital (Esquadrão Suicida)

Floyd e sua filha caminham pela rua em uma noite nevada, com neve digital. Há um padrão em que a neve cai, para e volta a cair na mesma trajetória de antes.

11. Barco mágico (Mulher-Maravilha)

Ao irem para Londres em um barco, Diana e Steve dormem durante a travessia. Isso não teria problema se fosse um barco a motor, mas o barco era a vela, portanto afetado pelo vento e capaz de mudar facilmente de percurso.

10. Superpoder capilar (Esquadrão Suicida)

O cabelo de Harley Quinn muda tão frequentemente em todo o filme que existe a possibilidade de ela ter um superpoder capilar.

9. Química? (Mulher-Maravilha)

Chief diz que o gás venenoso deve ser inflamável porque é baseado em hidrogênio — o que não faz sentido. O hidrogênio puro pode inflamar e explodir, mas é um dos elementos mais comuns do Universo, e há milhares de substâncias baseadas em hidrogênio que não são inflamáveis, como a água.

8. Luzes de Metrópolis (O Homem de Aço)

Na batalha épica entre o Super-Homem e Zod, eles destroem a cidade. No entanto, mesmo no final da longa luta, as luzes dos prédios continuam acesas.

7. Poeira errada (Batman vs Superman)

Bruce Wayne corre por Metrópolis e atravessa uma nuvem de poeira maciça que outros também atravessam. No entanto, quando saem dela, ninguém está coberto de poeira. Bom se funcionasse assim, né?

6. Pegadas na areia (O Homem de Aço)

Quando o Super-Homem intercepta um míssil drone, General Swanwick sai do carro ao seu encontro e dá para ver pegadas na areia. O problema? O lugar é uma parte remota do deserto.

5. Para trás de Bruce Wayne (Batman vs Superman)

Bruce percebe uma multidão e sai do veículo para ver o que está acontecendo. A câmera logo retorna para Bruce e mostra a multidão de pessoas agora atrás do seu carro.

4. Lois e o buraco negro (O Homem de Aço)

Quando uma espécie de buraco negro começa a puxar tudo ao redor, Lois parece imune. Carros e caminhões são sugados, mas Lois cai na direção oposta. Quando o Super-Homem a pega, eles imediatamente começam a lutar contra a atração. Ops!

3. Rodeada por atiradores (Mulher-Maravilha)

Em território inimigo, quando Diana entra na parte principal da cidade, um atirador russo está atrás dela, mirando-a. A sequência fica confusa e sem sentido, com erro de edição ou de filmagem.

2. Obituário de Clark Kent (Batman vs Superman)

O obituário de Clark Kent, além de ser estranhamente longo, mostra que seus colegas jornalistas não tiveram muito a dizer sobre ele, já que os parágrafos se repetem.

1. A Terra tem dois sóis? (O Homem de Aço)

Quando Zod lança suas máquinas para terraformar a Terra, existem duas delas em lados opostos do planeta: uma em Metrópolis e a outra, no meio do oceano Índico. No entanto, embora ainda seja dia em Metrópolis, é possível ver o sol nascendo ou se pondo no oceano Índico. Será que existem dois sóis para DC?

Este texto foi escrito por Camila Carbornar via N-experts.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário