quarta-feira, 8 de novembro de 2017

O que esperar da segunda temporada de Mindhunter

A nova série da Netflix, Mindhunter, vem chamando atenção de muita gente por seu tema sombrio. Criada por Jonathan Penhall e com direção de David Fincher (de Garota Exemplar e Zodíaco) – que também assina a produção executiva junto com Charlize Theron, entre outros –, a série é baseada na obra Mind Hunter: Inside the FBI’s Elite Serial Crime Unit e acompanha os trabalhos de agentes do FBI de uma unidade contra crimes cometidos por assassinos em série (o termo em inglês serial killer ainda não existia).
No fim dos anos 70, Holden Ford (Jonathan Groff, de Glee e Looking), Bill Tench (Holt McCallany, de Golden Boy) e Wendy Carr (Anna Torv, de Fringe) começam a desenvolver técnicas e traçar perfis desses assassinos com o intuito de prever os próximos passos deles, criar um padrão e resolver os casos. Como eles fazem isso? Entrevistando pessoalmente os maiores assassinos dos Estados Unidos.
Resultado de imagem para mindhunterFonte da imagem: Divulgação/Netflix
A primeira temporada desenvolve a trama e seus personagens de maneira lenta, mas sem que isso seja chato. Ao longo dos dez episódios, a série apresenta diversos mistérios que deixam um ponto de interrogação na cabeça do público. O que já sabemos com certeza é que a segunda temporada será focada na história de Wayne Williams, serial killer que aterrorizou a cidade de Atlanta entre 1979 e 1981 e que fez 30 vítimas, sendo que 24 eram crianças e adolescentes afro-americanas. Williams continua preso até hoje.
Como tudo ainda é muito nebuloso, nós preparamos uma série de perguntas que precisam ser respondidas no segundo ano (ao menos é o que a gente espera).
A lista contém alguns spoilers para quem não viu toda a primeira temporada.

1. Holden continuará mostrando um lado perigoso?

Resultado de imagem para holden mindhunter panic attackFonte da imagem: Divulgação/Netflix
Ao longo de toda a primeira temporada, o personagem de Jonathan Groff passou de um curioso agente do FBI para um homem obcecado pela mente dos assassinos, a ponto de começar a agir de forma semelhante a eles para entender como eles pensavam. O problema é que isso revela um lado estranho de Holden quando ele começa a se tornar egoísta, egocêntrico e desrepeitoso.
No último episódio, Holden tem uma crise de pânico ao ser atacado por Ed Kemper (Cameron Britton), e nós ficamos sem saber qual será o futuro do agente. Ele será afastado do projeto do FBI? Ele vai omitir o que aconteceu no quarto de hospital com Kemper? Ele ficará ainda mais obcecado pela mente desses assassinos, a ponto de se tornar uma pessoa agressiva? E seu relacionamento com Debbie (Hannah Gross), será que acabou mesmo?

2. O homem misterioso da série é o famoso Assassino BTK?

Resultado de imagem para btk killer mindhunterFonte da imagem: Divulgação/Netflix
Nos primeiros minutos de todos os episódios, antes da abertura, nós vemos um homem, funcionário de uma empresa de segurança, instalando alarmes, colocando cartas no correio, arrombando a casa de alguém, treinando amarração de nós com uma corda. É tudo muito suspeito. Mas quem é esse homem, já que não vemos mais que poucos minutos, e não há qualquer explicação?
Tudo indica que se trata de Dennis Rader, um serial killer que matou dez pessoas no Condado de Sedgwick entre 1974 e 1991. Ele é conhecido como O Assassino BTK (ou O Estrangulador BTK). "BTK" significa "Bind, Torture, Kill", que quer dizer "Amarrar-Torturar-Matar", que eram iniciais do padrão de ataque que fazia parte da sua assinatura. O Assassino BTK ridicularizou por anos a fio os policiais com pistas e cartas endereçadas à mídia, além de reivindicar a autoria dos crimes, relatando os detalhes de como o assassinato era cometido. Ele foi preso em 2005.

3. O que houve com o gato misterioso na lavanderia de Wendy? Era mesmo um gato?

Resultado de imagem para cat wendy mindhunterFonte da imagem: Divulgação/Netflix
Durante vários episódios, vemos Wendy levar latinhas de atum para um gatinho que se esconde na lavanderia de seu prédio. O animal nunca aparece, mas alimentá-lo acaba virando um ritual para ela, o que também dá ao público uma visão sobre sua vida pessoal e sua rotina fora das salas do FBI.
Entretanto, em uma das noites em que Wendy vai buscar a latinha de atum vazia para jogar fora, ela se depara com a comida toda cheia de insetos e intocada pelo gato. O que isso quer dizer? É só uma metáfora? O gato morreu? Alguém matou o gato? De acordo com David Fincher, a cena sugere que há uma criança no prédio que está matando animais, o que é um indício de psicopatia. Entretanto, ele não deu certeza, e há algumas teorias dizendo que alguém poderia estar perseguindo Wendy dentro do prédio. Cruzes!

4. Veremos mais Ed Kemper?

Resultado de imagem para ed kemper mindhunterFonte da imagem: Divulgação/Netflix
O famoso assassino Ed Kemper, interpretado por Cameron Britton, foi o maior destaque durante a série de entrevistas com os serial killers. Seja pelo talento do ator em pegar os mesmos traços de Kemper ou pelo fato de o personagem ser surpreendentemente carismático, Kemper poderia ganhar mais espaço na segunda temporada, ainda mais por ter confundido a cabeça de Holden e por ameaçar a pesquisa do FBI contando coisas quem nem sempre eram verdadeiras.
Para quem não conhece a história, Ed Kemper é um serial killer e necrófilo acusado de dez assassinatos, incluindo o de sua própria mãe. Impressionante por seu tamanho e peso (2,06 metros de altura e 140 quilos) e com um QI de 145, ele começou sua série de assassinatos aos 15 anos, matando seus avós.

Este texto foi escrito por Rodrigo de Lorenzi Oliveira via N-Experts.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário