segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

21 diferenças entre os livros e os filmes de Harry Potter que você não percebeu

Você provavelmente já ouviu falar da saga Harry Potter, que acontece em torno do menino que é um bruxo e teve os pais assassinados por Voldemort. A série fez um sucesso enorme, e foram produzidas adaptações de todos os livros para o cinema; como é comum vermos nesses casos, muitas coisas ficaram de fora dos filmes, e outras foram simplesmente inseridas apenas neles. Quer saber algumas delas? Confira 21 diferenças entre os livros e os filmes de Harry Potter: 

1. Lá no começo


Nada mais justo do que abrir esta lista com o começo da história, certo? No filme, os primeiros contatos com o mundo mágico são com diversos bruxos se encontrando e brindando em homenagem a Harry. No caso do livro, acompanhamos o tio Válter tendo um dia bem estranho, com pessoas com capas e muitas, muitas corujas.

2. A redenção de Duda Dursley


Harry salva a vida de Duda, e aparentemente o garoto não se esquece disso: mesmo que de um jeito desajeitado, ele aperta a mão de Harry e deseja boa sorte para ele quando Harry está pronto para ir embora da casa de seus tios. Essa cena, porém, não aparece no filme.

3. A história dos Marotos


Tiago Potter, Sirius Black, Remo Lupin e Pedro Pettigrew criaram o Mapa dos Marotos, mas a história deles mal aparece no filme! Apenas nos livros é que descobrimos que Tiago, Sirius e Pedro se tornaram animagos não registrados para ajudar Lupin quando ele se transformava em lobisomem.

4. O segredo de Rita Skeeter


Falando em animagos não registrados, a jornalista Rita Skeeter também é um deles. No quarto livro, Hermione descobre que ela se transformava em besouro para obter informações. Porém, esse é mais um detalhe que não aparece nos filmes.

5. A traição da Armada de Dumbledore


Na verdade, não é Cho quem dedura a Armada de Dumbledore, como é mostrado no filme, mas sim sua amiga — tanto que Cho briga com Hermione por ela lançar um feitiço que afetaria apenas os traidores.

6. Harry e Hermione dançando


Essa cena, por mais meiga que seja, simplesmente não existe no livro. Porém, é um momento bonito da amizade dos dois, uma vez que Hermione está bem abalada com a partida de Rony.

7. Outro enigma do Príncipe?


Em Harry Potter e a Pedra Filosofal, há mais uma proteção da Pedra Filosofal: um problema de lógica criado por ninguém menos que o professor Snape. E, sim, é Hermione quem descobre a solução. Seria uma cena bem legal de ver no filme, né?

8. A morte de Dumbledore


Pois é, uma das cenas mais tristes da saga também ficou bem diferente na adaptação. No filme, Harry obedece Dumbledore e não interfere em momento nenhum. No livro, Dumbledore petrifica Harry, de modo que ele pode apenas observar seu professor favorito sendo morto.

9. O fim das aulas de Oclumência


Você se lembra de Harry frequentando aulas de Oclumência com Snape para se proteger de Voldemort? No livro, as aulas acabam porque ele espia as memórias do professor na Penseira — ao contrário do que rolou no filme, em que ele vê as memórias acidentalmente ao se defender.

10. Quem foi o Monstro?


É verdade que o elfo doméstico Monstro não tinha uma relação muito amigável com Sirius, tanto que ele influencia a morte de seu mestre. Porém, ele acaba ajudando Harry, fornecendo informações sobre o medalhão que era uma Horcrux — mas isso apenas no livro.

11. Cadê a Winky?


Winky é uma elfa doméstica — assim como Dobby, aliás — que tem um papel muito importante no quarto livro da saga. Aliás, ela também aparece nos outros livros! Mesmo assim, acabamos vendo mais de Dobby nos filmes do que de qualquer outro elfo, e Winky sequer aparece no longa Harry Potter e o Cálice de Fogo

12. E o Pirraça?


Esse é um nome que pode soar um pouco estranho para quem não leu os livros da série, uma vez que ele não aparece nos filmes. Caso você não o conheça, basta saber que Pirraça é um poltergeist que está em Hogwarts para, basicamente, perturbar a vida de todo mundo. 

13. O cálice de fogo


Se você leu o quarto volume da série, deve se lembrar da descrição da cena da revelação de Harry estar no Torneio Tribruxo: Dumbledore pergunta calmamente a Harry se ele colocou o nome no Cálice de Fogo, e o garoto responde que não. Simples assim. Bom, no filme, Dumbledore faz a mesma pergunta, mas de forma um pouco mais intensa, como você pode ver no GIF — o que não é muito do perfil de Dumbledore, né?

14. O enigma da Esfinge


Sim, há uma esfinge na história de Harry Potter e ela está na terceira tarefa do Torneio Tribruxo, a do labirinto. Para seguir em frente, era preciso que Harry resolvesse o enigma proposto pelo monstro. Seria uma cena legal de ver no filme, mas ela acabou ficando apenas no livro mesmo.

15. O que aconteceu com Rabicho


No livro, o destino de Pedro Pettigrew fica bem claro: Rabicho morre estrangulado por sua mão de prata. Porém, no filme, o vemos desacordado por um feitiço; por isso, ele fica para trás e nem aparece na Batalha de Hogwarts.

16. A importância de Neville



Você se lembra da profecia que marcava Harry como o inimigo de Voldemort? Pois é, ela também valia para Neville — embora isso não tenha sido destacado nos filmes.

17. A Varinha das Varinhas


Harry se torna mestre da Varinha das Varinhas, a mais poderosa e tão desejada por Voldemort. E o que ele faz no filme com ela? É, simplesmente a parte no meio, porque acha que é um objeto perigoso demais. No livro, o bruxo toma uma decisão um pouco melhor: usa a Varinha para reparar a sua própria e a devolve para o túmulo de Dumbledore.

18. A história de Dumbledore

Ok, é verdade que há uma menção breve à história de Dumbledore no filme, mas isso foi muito mais explorado no livro — tanto que ficamos sabendo da relação dele com Grindewald, como aconteceu a morte de Ariana e como era a família Dumbledore.

19. O relacionamento de Harry e Gina


No livro, o primeiro beijo dos dois aconteceu depois de uma partida decisiva de Quadribol — que Harry não jogou, inclusive: Gina vai para os braços dele e o beija na frente dos colegas. No filme, há apenas uma cena dos dois na Sala Precisa, quando eles vão esconder o livro do Príncipe Mestiço.

20. Filch e sua raiva dos alunos


O zelador Filch não é uma das pessoas mais queridas da série, né? Porém, ao ler o livro, descobrimos o porquê: ele é um aborto, ou seja, um bruxo nascido de uma família mágica, mas sem nenhum poder. Aí fica mais fácil de entender por que ele detesta tanto os alunos.

21. Mensagens de apoio


A jornada de Harry no sétimo livro não foi fácil, e havia pessoas do mundo mágico que sabiam disso. Assim, deixaram diversas mensagens de apoio e encorajamento para o garoto em Godric’s Hollow. Infelizmente, essa parte ficou só no livro mesmo.
Este texto foi escrito por Danielle Cassita via N-experts.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário