Grey’s Anatomy quer mostrar uma nova representação de pessoas trans na TV - Leitores Anônimos

Post Top Ad

Leitores Anônimos

Grey’s Anatomy quer mostrar uma nova representação de pessoas trans na TV

Compart
Pois é, o último episódio da série Grey's Anatomy foi recheado de surpresas para os fãs. Como não podia ser diferente do que já vimos em episódios anteriores, houve alguns momentos emotivos bem intensos com o retorno do ex-marido de Jo, porém o destaque foi, na verdade, uma curta cena do novo interno: Dr. Casey.
O episódio começou como um dia qualquer na rotina dos médicos, mas claro que não iria continuar assim por muito tempo, né? De repente, diversos equipamentos eletrônicos do hospital pararam de funcionar, e descobrimos que o hospital foi hackeado. É aí que Casey entra: interpretado pelo ator trans Alex Blue Davis, é ele quem invade o sistema e deixa tudo nos conformes novamente, e, no meio disso tudo, descobrimos que ele é um homem trans.
A revelação ocorre com uma frase que deu um belo trabalho para Krista Vernoff, showrunner da série. No episódio, Casey diz para Bailey: "Eu sou um homem trans orgulhoso, dr. Bailey. Eu gosto que as pessoas me conheçam antes de verem meu histórico médico". Na verdade, o que contribuiu para deixar essa cena ainda mais cheia de significado foi o fato de que, até ali, não sabíamos nada de Casey — exceto informações como ele ser bom com computadores, uma vez que conseguiu parar a invasão. A única informação pessoal que descobrimos é quando ele mesmo conta sobre o que aconteceu quando foi preso.
Acontece que havia um erro na carteira de motorista dele que não tinha nada a ver com digitação, mas sim com o fato de que o departamento de trânsito local tinha recusado a solicitação de uma nova habilitação depois de sua transição de gênero — no caso dele, constava o gênero feminino. Então, Casey resolveu hackear o sistema para consertar o erro, simplesmente para poder ser reconhecido como o homem que é.
A ideia de abordar o assunto surgiu depois de o presidente Donald Trump ter proibido pessoas transgênero de servirem nas Forças Armadas. Como resposta, Krista Vernoff colocou um ator trans na série, como um dos seis novos médicos internos da 14ª temporada.
Esse foi um momento importantíssimo para os trans que acompanham a série, pois, como o próprio Alex comentou em entrevista, diversas pessoas não entendem o que a palavra "erro" significa quando o assunto é a carteira de motorista — boa parte acha que é simplesmente um problema que aconteceu na hora de digitar os dados do documento. "Nos mais diversos estados, é difícil conseguir mudar o que está escrito, e este é um problema sério", comentou o ator. Davis também ressaltou como o papel que ele está interpretando é importante: "As pessoas podem ver os trans de uma forma diferente: há pessoas que estão andando entre nós e que são humanos, que têm vidas. Eles não são definidos por serem trans".
Vernoff também destacou como é importante ter alguém como Casey na série: "Pessoas trans sempre foram representadas como piadas, vítimas e vilões, e não como pessoas. Eu não tinha percebido isso até passar pela experiência com o meu filho, que se abriu e contou que ele era transgênero". A ideia dos produtores é, na verdade, mostrar os personagens trans simplesmente como pessoas — e é por isso que Vernoff quer evitar contar uma história que mostre o médico encontrando problemas simplesmente por ser quem é. "Eu só queria que Casey fosse uma pessoa que é um veterano de guerra, um bom médico e um membro do staff — e que aconteceu de ser trans", apontou ela.
Contudo, uma questão que ainda está sendo discutida pela equipe de produção da série é sobre como o histórico médico de Casey será divulgado. "Meu objetivo para o Casey é gentilmente mostrar o histórico médico dele para Bailey e, consequentemente, para os Estados Unidos. Depois, vamos mantê-lo em nosso mundo como o médico que ele está se tornando", comentou Vernoff. Mesmo assim, pode ser que ele seja mostrado tendo algum interesse amoroso ao longo dos próximos episódios. Vamos aguardar.
Este texto foi escrito por Danielle Cassita via n-Experts.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Leitores Anônimos

Pages