A franquia Cinquenta Tons de Cinza poderá ultrapassar US$ 1 bilhão em bilheteria - Leitores Anônimos

Post Top Ad

Leitores Anônimos

A franquia Cinquenta Tons de Cinza poderá ultrapassar US$ 1 bilhão em bilheteria

Compartilhar
Apesar de discussões e conflitos durante as gravações da franquia Cinquenta Tons de Cinza, o último filme Cinquenta tons de Liberdade foi lançado hoje (8). O longa que fecha a história do problemático Christian Grey e a recém-formada Anastasia Steele está com a estimativa, segundo o Deadline, de chegar na primeira semana à US$ 113 milhões em bilheteria, o que poderá chegar ao número de US$ 1 bilhão no total da trilogia. O custo do último filme foi de US$ 150 milhões de dólares.

O primeiro filme, que aguçou a curiosidade dos fãs e aqueles que não conheciam a obra chegou no total mundial de US$ 516 milhões, sendo que o longa teve um custo total de US$ 40 milhões. Já o segundo filme, Cinquenta Tons Mais Escuros, alcançou a bilheteria mundialmente de US$ 381 milhões, o custo do longa foi de US$ 55 milhões.
No exterior, Cinquenta Tons de Liberdade está com estimativa de alcançar U$ 80 milhões, na França, Alemanha, Reino Unido, Austrália, Brasil, México e Japão. Mundialmente, está previsto que a franquie chegue à U$ 700 milhões.
A franquia segue a história escrita por E.L James sobre um jovem bilionário de 27 anos, Grey, e seu romance com a estudante universitária Steele. Os livros já foram traduzidos em 52 idiomas e já venderam mais de 100 milhões de cópias.
No Brasil, a trilogia é publicada pela editora Intrínseca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Leitores Anônimos

Pages