Jennifer Lawrence fala sobre cenas de nudez em Operação Red Sparrow - Leitores Anônimos

Post Top Ad

Leitores Anônimos

Jennifer Lawrence fala sobre cenas de nudez em Operação Red Sparrow

Compart
Depois de uma invasão ao seu computador pessoal em 2014 que vazou diversas fotos em que aparece nua, Jennifer Lawrence agora decidiu tirar a roupa voluntariamente diante das câmeras.
Para dar vida à agente secreta da inteligência russa Dominika Egorova no longa-metragem de ação Operação Red Sparrow, que estreia nesta quinta-feira (1º), ela superou o trauma de ter pessoas vendo seu corpo descoberto.
A atriz disse, em entrevista à Vanity Fair, que na verdade a experiência de fazer esse filme, embora assustadora no começo, acabou fazendo com que ela se sentisse empoderada.
A diferença está no consentimento. "Eu me dei conta de que existe uma grande diferença entre consentir e não consentir, então apareci para o primeiro dia, fiz e me senti empoderada. Senti como se tivesse recuperado, usando minha arte, algo que tinha sido tirado de mim", contou.
Um dos receios da atriz era o julgamento do público por suas cenas de nudez, já que, quando as fotos vazaram, em 2014, ela fez duras — e merecidas — críticas ao responsável, que foi processado e condenado à prisão.
A atriz revela que a presença de rostos conhecidos e muito bom humor foram essenciais para que ela seguisse em frente e fizesse as cenas para o longa-metragem.
O diretor do filme, Francis Lawrence, já trabalha com ela há 5 anos, e parte do elenco de Red Sparrow também atuou em Jogos Vorazes.
Segundo a atriz, o diretor a tranquilizou nas cenas mais difíceis. "Ele olhou nos meus olhos como se eu estivesse vestida, e imediatamente eu me senti como se não estivesse nua. Todo mundo aqui é profissional, você ainda está no trabalho. Um olhar fez eu me sentir confortável".
Não foi somente a roupa que a atriz tirou para interpretar Dominika — que, antes de ser uma agente russa, era apenas uma bailarina do Ballet Bolshoi. Ela também precisou tirar vários itens do cardápio e perder bastante peso. "Foi a primeira vez que eu passei fome por um filme. Eu não podia interpretar uma bailarina e não me sentir como uma bailarina."
No entanto, assim que as cenas de ballet estavam concluídas, ela afrouxou um pouco a rigidez da dieta: "Não consigo trabalhar de dieta, eu tenho fome, preciso ficar de pé e, para isso, eu preciso de energia".
Este texto foi escrito por Lu Belin via n-Experts.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Leitores Anônimos

Pages