Os 36 maiores filmes de ficção científica de todos os tempos - Leitores Anônimos

Post Top Ad

Leitores Anônimos

Os 36 maiores filmes de ficção científica de todos os tempos

Compart
O gênero de filme de ficção científica é tão extenso quanto à galáxia. Pensando nisso, separamos os 36 maiores filmes de ficção científica de todos os tempos. Mas fique a vontade para comentar seus filmes favoritos do gênero nos comentários no final do artigo.

36. É Difícil Ser Um Deus (2013)

Baseado no romance de ficção científica "Hard to Be A God". Uma expedição, com um grupo de cientistas, que parte da Terra para outro planeta testemunha um golpe religioso de estado, que leva ao poder uma sociedade medieval e nacionalista. Este não é um filme sobre crueldade, mas sobre amor. Um amor que estava lá, tangível, vivo e que resistiu nas mais difíceis condições.

35. Distrito 9 (2009)

Alienígenas chegam à Terra em busca de refúgio. Como sua nave estava defeituosa, eles são foram obrigados a descer a Terra, passando a viver separados dos humanos em uma área chamada Distrito 9, em Joanesburgo, capital da África do Sul, e comandados pelo governo, que não se importa com o bem-estar dos alienígenas, mas que está disposto a tudo para dominar a tecnologia que eles possuem. Durante este processo, um funcionário contrai um vírus que altera o seu DNA, e o Distrito 9 passa a ser o único lugar em que ele pode se esconder.

34. Snowpiercer - O Expresso do Amanhã (2013)

A trama é ambientada sete anos depois que o mundo se tornou um deserto congelado e os membros remanescentes da humanidade habitam um trem gigantesco e perpetuamente em movimento que circunda o globo. A história explora temas como a luta de classes, a injustiça social e a política de sobrevivência. O ressentimento aumenta, e logo Chris Evans age como uma espécie de Capitão América sombrio, liderando a classe baixa em uma violenta rebelião contra a repressão.

33. O Homem que Caiu na Terra (1976)

O enredo baseia-se na história de um humanóide que fica rico entre os humanos ao vender sua tecnologia avançada. Como protagonista dessa adaptação do romance de Walter Tevis o filme tem o cantor David Bowie. O filme também conta com outras interações intergalácticas de Bowie, incluindo sua música "Space Oddity" e o conceito de Ziggy Stardust.

32. Lunar (2009)

Sam Rockwell é praticamente um showman, ao interpretar o único operador de um posto de mineração de hélio na Lua. Aproximando-se do final de seu turno de três anos, seu personagem começa a ter problemas. Não apenas a solidão e o tédio estonteante que você esperaria da vida solo na Lua, mas sim, grandes descobertas de sua vida, que revelam fatos muito mais preocupantes sobre sua existência.

31. Contato (1997)

Uma mulher abre as primeiras evidências de vida extraterrestre neste filme edificante e massivamente imaginativo. Após anos de espera, a cientista Ellie Arroway, enfim, confirma sua teoria sobre indícios de outras vidas no universo ao descobrir como construir uma máquina capaz de fazer viagens intergalácticas e fazer contato com extraterrestres. Baseado na obra homônima do astrônomo Carl Sagan, que assessorou a equipe nos aspectos científicos, mas acabou falecendo antes do final das filmagens.

30. Vampiros de Almas (1956)

Em Santa Mira, na Califórnia, Dr. Miles Bennell fica confuso quando todos os seus pacientes têm a mesma queixa, que Santa Mira foi invadida por alienígenas, que se apossaram dos corpos de seus amigos e parentes. Dr. Bennell, sua ex-namorada Becky e seu amigo Jack logo descobrem que as suspeitas dos pacientes são verdadeiras. Este é um dos poucos filmes em que nossos sonhos de vida extraterrestre se transformam em pesadelos.

29. A Origem (2010)

Nesse conceito de ficção científica sobre manipulação de sonhos. DiCaprio faz o papel de Dom Cobb, um ladrão especializado em extrair informações do inconsciente dos seus alvos durante o sonho. Impedido de visitar seus filhos, Cobb tem a chance de vê-los em troca de um último trabalho, ao fazer a inserção de um sonho e plantar a origem de uma ideia na mente de um inimigo de seu cliente. Mas a principal dúvida fica se Cobb estaria sonhando ou não no final do filme.

28. Perdido em Marte (2015)

Durante uma missão a Marte, o astronauta americano Mark Watney é dado como morto e deixado para trás. Mas Watney ainda está vivo. Contra todas as probabilidades, ele procura uma maneira de entrar em contato com a Terra. Ridley Scott sabe como posicionar Matt Damon como um homem jovial e ultra-competente, a fim de sugerir que um astronauta bem treinado possa sobreviver semanas abandonado em um planeta hostil.

27. Viagem à Lua (1902)

Antes que Sam Rockwell chegasse lá, nosso vizinho celestial mais próximo recebeu um tiro no olho no primeiro filme de ficção científica de todos os tempos. No filme, um grupo de homens viaja à Lua, onde são capturados pelos selenitas. As imagens peculiares, coloridas e pintadas à mão do diretor Georges Méliès transformam essa história inspirada em Jules Verne em um conto de histórias satírico que zomba da ciência da era de 1900 e das tendências colonialistas da época.

26. Gattaca - Experiência Genética (1997)

Nós sempre sonhamos que podemos superar nossas limitações, mas e se essas barreiras fossem baseadas em nosso código genético? Em Gattaca, Vincent Freeman sempre sonhou em viajar para o espaço, mas não pode por ser considerado geneticamente inferior. Ele decide desafiar seu destino comprando os genes de Jerome Morrow, e assumindo a sua identidade. Freeman entra para o programa espacial Gattaca e se apaixona por Irene. Uma investigação sobre a morte de um oficial de Gattaca complica os planos de Vincent. A visão controlada do diretor Andrew Niccol evita um excesso de detalhes e é ainda mais atraente para manter as coisas simples.

25. Wall-E (2008)

Num futuro distante, um pequeno robô coletor de lixo chamado Wall-E, embarca em uma jornada espacial que vai decidir o destino da humanidade, ao mostrar uma visão cínica da preguiça autodestrutiva dos humanos e de seu consumismo.

24. Akira (1988)

No ano de 2019, Kaneda lidera uma gangue de motoqueiros na cidade de Neo-Tokyo, que foi construída depois da Tóquio original ter sido destruída em uma grande explosão em 1988. Ao se defrontar com outra gangue que invadiu o seu território, um dos membros da gangue, Tetsuo, é sequestrado pelas forças do governo. Tetsuo passa por experiências que objetivam a desenvolver poderes inimagináveis nele. Como resultado, ele acaba enlouquecendo, mas, com os poderes que o igualam ao lendário Akira, reavivando o medo de uma nova destruição. Além do enredo, outro ponto positivo fica por conta da trilha sonora, rica em percussão e ritmos vocais cantados, que está entre os mais importantes nos filmes de ficção científica.

23. 12 Macacos (1995)

Um condenado do ano de 2035 é enviado de volta no tempo para descobrir a causa de um vírus que acabou com quase toda a população do planeta. Os poucos sobreviventes moram em abrigos subterrâneos. Nesse filme, Terry Gilliam consegue tornar a viagem no tempo ainda mais estranha do que o habitual, ao implantar uma visão de tecnologia problemática e pouco confiável.

22. Ghost in the Shell (1995)

Nesta adaptação do mangá de Masamune Shirow, o conceito do aperfeiçoamento do corpo humano a partir de inserções tecnológicas está em todos os lugares. Num mundo pós 2029, Motoko Kusanagi é uma ciborgue com experiência militar que comanda um esquadrão de elite especializado em combater crimes cibernéticos. O filme pode ser surpreendentemente contemplativo, com longas pausas em que a identidade pessoal e o aumento tecnológico florescem entre a ação caracterizada.

21. Godzilla (1954)

Devido aos testes nucleares realizados pelos Estados Unidos, um gigantesco réptil de em torno de 50 metros de altura é revivido. Além do tamanho e força, a fera possui um sopro radioativo mortal e destruidor que usa para atacar a cidade de Tóquio, dizimando tudo o que encontra pela frente em uma fúria mortal. No final o monstro gigante é morto por uma arma chamada "destruidor de oxigênio", e se transforma num esqueleto que some no mar. Este foi o primeiro filme que pôs em movimento uma série de personagens e histórias desenfreadamente inventivas que se desenrolam até os dias de hoje.

20. O Gigante de Ferro (1999)

Em 1957, um robô alienígena gigante aterrissa perto da pequena cidade de Rockwell, Maine. Hogarth, um garoto de nove anos que estava explorando a área, encontra o robô e os dois ficam amigos. Mas um agente do governo completamente obcecado surge com o objetivo de destruir o extraterrestre a qualquer custo. O filme fala sobre uma grande amizade de uma forma tão bonita que emociona qualquer pessoa.

19. De Volta ao Futuro (1985)

No filme, Marty McFly, um adolescente de uma pequena cidade californiana, é transportado para a década de 1950 quando a experiência do excêntrico cientista Doc Brown dá errado. Viajando no tempo em um carro modificado, Marty conhece versões jovens de seus pais e precisa fazer com que eles se apaixonem ou então ele deixará de existir. Para complicar, Marty precisa voltar para casa a tempo de salvar o cientista. De Volta para o Futuro é uma história de amadurecimento para duas gerações de uma só vez, que conta em uma visão simples o paradoxo da viagem no tempo.

18. Tropas Estelares (1997)

Em um futuro distante, a Terra está em guerra contra uma raça de insetos gigantes alienígenas. Pouco se sabe sobre eles, exceto que têm a intenção de eliminar toda forma de vida humana. Mas houve um tempo, antes da guerra, em que a Infantaria Móvel viajava para planetas distantes a fim de combater os insetos, inimigos implacáveis, com apenas uma missão para garantir a sobrevivência de sua espécie a qualquer custo. A versão cinematográfica de Paul Verhoeven do romance de Robert Heinlein transforma o genuíno militarismo do livro em uma visão satírica da cultura pop e do serviço militar.

17. O Dia em que a Terra Parou (1951)

Um alienígena chamado Klaatu atravessa o universo para chegar a Terra e avisar os humanos sobre uma crise global que está por vir. Ele encontra a renomada cientista Dra. Helen Benson, que, juntamente com seu filho Jacob, deve proteger o alienígena amigo da Terra. O filme de Robert Wise usa o apelo de brilhantes máquinas extraterrestres para oferecer ao público uma pequena perspectiva sobre o nosso lugar na ordem evolucionária do universo.

16. Brilho Eterno da Mente Sem Lembranças (2004)

Joel se surpreende ao saber que seu amor verdadeiro, Clementine, o apagou completamente de sua memória. Ele decide fazer o mesmo, mas muda de ideia. Preso dentro da própria mente enquanto os especialistas se mantêm ocupados em seu apartamento, Joel precisa avisá-los para parar. O diretor Michel Gondry e o roteirista Charlie Kaufman nunca perdem o toque humano enquanto brincam com os corações e mentes de seus personagens através do tempo.

15. A Chegada (2016)

Quando naves espaciais misteriosas chegam à Terra, uma equipe de elite, liderada pelo especialista em linguística Louise Banks, é reunida para investigar. Com a humanidade à beira de uma guerra global, Banks e sua equipe correm contra o tempo para obter respostas - e para encontrá-las, ela terá que arriscar a sua vida, e possivelmente de toda a humanidade. O filme pode ser tão frio quanto estimulante, mas Amy Adams encontra a alma da história e conecta a lição de linguagem elegantemente projetada a algo primitivo, visceral e comovente.

14. Jurassic Park (1993)

No filme, os paleontólogos Alan Grant, Ellie Sattler e o matemático Ian Malcolm fazem parte de um seleto grupo escolhido para visitar uma ilha habitada por dinossauros criados a partir de DNA pré-histórico. O idealizador do projeto e bilionário John Hammond garante a todos que a instalação é completamente segura. Mas após uma queda de energia, os visitantes descobrem, aos poucos, que vários predadores ferozes estão soltos e à caça. Claro, que recriar dinossauros de um DNA antigo provavelmente não seria uma boa ideia, mas quem poderia resistir? Desde os primórdios da ficção científica, a aspiração da humanidade à divindade tem sido uma preocupação primordial. Uma vez que podemos construir coisas, o que nos impede de criar vida? A manipulação genética estava em sua infância quando Michael Crichton concebeu o parque dos dinossauros.

13. Metrópolis (1927)

Uma cidade futurista chamada Metrópolis dividida entre a classe trabalhadora e os planejadores da cidade, o filho do mestre da cidade se apaixona por uma profetisa da classe trabalhadora, que prevê a vinda de um salvador para mediar a diferença entre as classes. O filme bombou no lançamento, e foi até criticado pelo padrinho de ficção científica H. G. Wells, mas sua visão singular e penetrante o cimentou como uma pedra angular do cinema de ficção científica.

12. O Exterminador do Futuro (1984)

O primeiro grande filme de James Cameron como diretor é uma visão enxuta e brutal de máquinas enlouquecidas e complicações da viagem no tempo. Disfarçado de humano, o assassino conhecido como o Exterminador, interpretado por Arnold Schwarzenegger, viaja de 2029 a 1984 para matar Sarah Connor. Enviado para proteger Sarah está Kyle Reese, que divulga a chegada do Skynet, um sistema de inteligência artificial que detonará um holocausto nuclear.

11. Mad Max: Estrada da Fúria (2015)

O diretor da franquia, George Miller, retorna às suas ideias de habitantes de terra devastada lutando durante anos por sobrevivência após as guerras pelo petróleo, mas desta vez, ele escolhe derrubar imagens de subjugação sexual e discriminação. Em um mundo apocalíptico, Max Rockatansky acredita que a melhor forma de sobreviver é não depender de ninguém. Porém, após ser capturado pelo tirano Immortan Joe e seus rebeldes, Max se vê no meio de uma guerra mortal, iniciada pela imperatriz Furiosa que tenta salvar um grupo de garotas.

10. Blade Runner (1982)

O diretor Ridley Scott saiu do espaço para imaginar uma futurista Los Angeles como um lugar muito terrível para se viver, e ainda assim o seu visual, o som e a sensação do mundo são tão sedutores que queremos visitá-los independentemente de seus contras. No século 21, uma corporação desenvolve clones humanos para serem usados como escravos em colônias fora da Terra, identificados como replicantes. Em 2019, um ex-policial é acionado para caçar um grupo fugitivo vivendo disfarçado em Los Angeles. O filme é um triunfo da construção de um mundo que ainda comove os espectadores e cineastas mesmo 35 anos depois.

9. Matrix (1999)

Um jovem programador de computador aprende que o que a maioria das pessoas percebe que a realidade é, na verdade, uma simulação criada por máquinas e se une a uma rebelião para se libertar. O efeito de "câmera lenta" do filme foi um dos conceitos mais copiados de 1999. Os Wachowskis sintetizaram histórias em quadrinhos, ficção científica e conceitos religiosos para criar esse retrato negro de uma sociedade tão profundamente apegada à tecnologia que tinha como efeito, tornar a tecnologia como um maquinário.

8. RoboCop (1987)

Grandes romances de ficção científica costumam ter um ar de ironia. Por mais incrível que seja o avanço da tecnologia, estamos todos muito unidos graças aos aspectos imutáveis ??da natureza humana. Paul Verhoeven aproveitou esse espírito com RoboCop, contando a história de um policial que foi morto em combate e transformado por cientistas da empresa que dirige a força policial em um ciborgue ultrassofisticado a fim de ser usado na luta contra o crime na cidade de Detroit. Porém, apesar de ter sua memória apagada, lembranças o assombram e o levam a buscar vingança.

7. Contatos Imediatos do Terceiro Grau (1977)

Um grupo de pessoas tenta entrar em contato com uma inteligência alienígena. Roy Neary não apenas viu um objeto voador não identificado: ele tem uma marca de queimadura para provar. Roy se recusa a aceitar uma explicação para o que viu e está disposto a dar a sua vida para descobrir a verdade sobre OVNIs. Como um cara normal que tem seu próprio encontro íntimo com um extraterrestre, Richard Dreyfuss nos leva diretamente para aquela zona onde o fascínio se torna obsessão. Spielberg une os traços de caráter a um ponto de convergência, onde a capacidade da humanidade de se comunicar é testada e, em última instância, validada em uma conversa sem palavras com uma inteligência superior.

6. Star Wars (1977)

No primeiro filme da saga, a princesa Leia é mantida refém pelas forças imperiais comandadas por Darth Vader. O jedi Luke Skywalker junto com o capitão e caçador de recompensas Han Solo precisam libertá-la e restaurar a liberdade e a justiça na galáxia. A influência que George Lucas e sua ópera espacial tiveram para os filmes como um todo não se deve apenas ao seu espírito independente e controle do senso comercial, mas sim ao seu amor pelas histórias clássicas e à capacidade de criar um grande vilão.

5. Alien (1979)

No espaço profundo, a tripulação da espaçonave comercial Nostromo é despertada de suas cápsulas crio-sono no meio da sua jornada para casa, para investigar estranhos sinais vindos de uma nave alienígena. O terror começa quando a tripulação encontra um ninho de ovos no interior da nave. Um organismo pula de dentro do ovo e se afixa em um dos tripulantes, o que parecia ser um ataque isolado se transforma em um terror constante, pois o tripulante atacado levou para dentro da nave o embrião de um alienígena, que não para de crescer e tem como meta matar toda a tripulação. Sem dúvida, Ridley Scott criou a criatura mais horripilante do gênero.

4. E.T. – O Extraterrestre (1982)

Steven Spielberg deu á vida a um pequeno alienígena chamado E.T. No filme, ele foi abandonado por seus companheiros e resgatado pelo garoto Eliott que tenta a todo custo ajudá-lo a encontrar o caminho de volta para casa, transformando esse pequeno ser em um dos personagens mais queridos do cinema.

3. A Mosca (1986)

Desde o início de sua carreira, o diretor David Cronenberg deleitou-se com suas criações mais bizarras de sua mente. Ainda assim, ele raramente criou uma conexão tão profunda quanto a construída entre o público e o excêntrico cientista Seth Brundle, que ao concluir seu dispositivo de teletransporte, decide testar a eficácia do experimento em si próprio. Sem que ele perceba, uma mosca cai no aparelho durante o processo e provoca uma fusão dele com o inseto. Porém, ele pensa que o experimento foi um sucesso, até que começa a notar que as células da mosca estão tomando conta de seu corpo, e ele acaba se transformando em uma criatura monstruosa. No entanto, o triunfo do filme está nos fazer sentir a dor da transformação de Seth.

2. Planeta dos Macacos (1968)

Um grupo de astronautas deixam a Terra em 1972 e aterrissam em um planeta desconhecido. Lá, eles encontram uma classe dominante de macacos inteligentes e guerreiros que acreditam ser naturalmente elevados sobre os humanos, que terão que lutar pela liberdade. O conceito básico do filme é uma metáfora flexível para muitas divisões na sociedade humana.

1. 2001: Uma Odisséia no Espaço (1968)

Um trabalho de criatividade e imaginação ilimitadas, o filme de 1968 de Stanley Kubrick visa nada menos do que retratar o processo da evolução humana com o passado e o futuro. Criado em uma era de efeitos especiais escassos, o filme ainda parece ser incrível, mesmo nos dias de hoje, com imagens artificiais de voos espaciais convincentes. Com uma visão geral da existência humana que vê pouca diferença prática entre um pedaço de osso e uma estação espacial, 2001 prevê o nosso salto evolutivo como aquele que deixa a tecnologia de lado para entrar em um reino de consciência pura.
Esse texto foi escrito por Fernando Fabretti via nexperts.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Leitores Anônimos

Pages