Stranger Things: Noah Schnapps conta desafios de interpretar Will - Leitores Anônimos

Post Top Ad

Leitores Anônimos

Stranger Things: Noah Schnapps conta desafios de interpretar Will

Compart
Uma das coisas que mais chamam a atenção em Stranger Things é o talento dos atores mirins. Eles não deixam nada a desejar em relação aos veteranos, mesmo sendo responsáveis pela maior parte da trama. O pequeno Noah Schnapp que o diga: sendo o mais novo de todo o elenco, deu vida ao desaparecido Will Byers em cenas nada fáceis.
O enredo da primeira temporada de Stranger Things é centrado em uma questão: o sumiço de Will. Interpretado por Noah Schnapps, de apenas 11 anos, o menino passou quase a série inteira contracenando sozinho, no "Mundo Invertido". Mesmo na segunda temporada, as coisas não melhoraram muito para ele: passou por Síndrome de Estresse Pós-Traumático, além de ser possuído por uma das criaturas sombrias.

Noah Schnapps conta os desafios de atuar em Stranger Things

Em entrevista ao Deadline, Noah Schnapps contou sobre como foi ter um papel tão complicado: "A temporada foi assustadora porque nunca havia experienciado a maioria das coisas que eu tive que fazer — e muitas dessas cenas são difíceis porque você não tem no que se basear, como o exorcismo, a possessão ou ter um monstro dentro de você". No momento, eles estão gravando a terceira temporada.

O que torna tudo mais difícil é que muitas cenas são centradas no seu sofrimento e, se ele não fosse capaz de convencer o público, seria difícil a série funcionar. Felizmente, ele tirou de letra e até recebeu prêmios de Melhor Elenco de Série Dramática no SAG Awards e de Melhor Performance Assustadora no MTV Movie Award.
Noah explicou que os episódios são gravados quase que simultaneamente; enquanto eles gravam alguns, os Irmãos Duffer estão escrevendo outros. É uma metodologia bastante estressante, mas certamente garante a surpresa. Geralmente, séries evitam dar os roteiros aos atores até o último momento, para evitar que vazem spoilers.

Atores veteranos de Stranger Things ajudaram muito o elenco mirim

Além disso, o menino tem um papel especial na produção: é ele que precisa interagir com o que não vê, como o Monstro das Sombras ou a tempestade em cima da cidadezinha de Hawkins. Sobre isso, ele comentou:
"Eu sempre digo que o que faz a atuação ser muito mais fácil é estar cercado de bons atores. Estar com Winona Ryder; ela é tão boa no que faz que torna o meu trabalho mais fácil. É bem mais difícil quando você não tem nada no que se ancorar ou reagir. Isso foi muito do que eu tive que fazer na segunda temporada, porque enquanto estava no campo gritando com o monstro, eu estava olhando para o céu. Quando o monstro estava vindo dentro de mim, nas minhas veias, nada estava acontecendo. Eu simplesmente tive que imaginar que havia um monstro grande e assustador na minha frente. Depende da minha imaginação, eu acho, mostrar para a audiência e fazer parecer real."
É claro que gravar essas cenas mais pesadas foi bastante complicado para o ator: em metade delas, ele está em sofrimento extremo. Isso exigiu bastante dele, física e emocionalmente. Noah Schnapps comentou:
"Isso foi definitivamente uma das coisas que me preocuparam. Eu tinha que fazer uma cena realmente emotiva com a Winona; mandei uma mensagem para ela sobre isso, e ela conversou comigo em seu trailer. A coisa mais realista que você pode fazer é se colocar na pele do Will e pensar 'Como eu me sentiria se fosse abandonado no Mundo Invertido por uma semana, então um monstro vem e toma conta do meu corpo, e eu simplesmente viro uma pessoa diferente?' Você tem que tentar entender como o Will se sente. Depois, estar nas cenas com Winona e suas expressões faciais me ajudaram a ficar um pouco mais triste. O diretor, Shawn [Levy], realmente me ajudou; se eu estivesse prestes a chorar, ele ajudava a construir a cena, mas não filmava. Só depois ele dizia 'Okay, agora vamos começar a gravar', e nós partiríamos do começo. Todo mundo tornou isso realmente mais fácil."
Embora tão novo (ele tem só 13 anos!), Noah Schnapps tem uma carreira considerável. Antes de ser contratado pela Netflix, tinha feito um pequeno papel em Ponte dos Espiões, além de dublar Charlie Brown no filme do Snoopy. Mas entre as temporadas de Stranger Things, ele aproveitou para se dedicar a outras produções: três filmes com sua participação devem ser lançados neste ano. Falando sobre as diferenças entre trabalhar na TV e no cinema, ele respondeu:
"Tudo tem seus prós e contras. Eu amo programas de TV, porque eu consigo passar muito tempo com todo mundo e criar relações próximas. Filmes também são incríveis, porque tudo fica pronto muito rápido, eu acho. Mas eu amo os dois. [...] Eu tenho dois tipos de personagem que realmente quero interpretar. Definitivamente, eu sempre quis interpretar um misterioso serial killer — um tipo de papel bem assustador e estranho. Algo bem diferente de quem eu sou. Eu também gostaria de estar em um filme de super-herói superdivertido. Acho que todo mundo quer interpretar esses tipos, pois são muito legais e empolgantes. Mas eu fico feliz com qualquer papel que faço."
Este texto foi escrito por Verenna Klein via nexperts.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Leitores Anônimos

Pages