Como fazer parte da Academia — e votar no Oscar - Leitores Anônimos

Post Top Ad

Leitores Anônimos

Como fazer parte da Academia — e votar no Oscar

Compart
No dia 25 de junho, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou seus 928 novos membros vangloriando-se de sua empreitada por um corpo de maior diversidade que há tempos lhe é cobrada. Com integrantes de 59 países, a Academia revelou que, do total de novatos, 49% são mulheres, 38% pessoas de cor, além de 17 vencedores e 92 indicados aos prêmios do Oscar no passado.
Enquanto a progressão se faz positiva, a Academia divulgou que nove categorias (tais como atuação, direção de elenco, documentário e produção) nomearam mais mulheres do que homens, além de constar que o membro mais novo possui meros 14 anos, em paralelo com os 86 do integrante mais velho.
De fato, a lista de novos membros é bastante heterogênea. O Brasil conta com Alice Braga, Carlinhos Brown, Helena Solberg, Maria Augusta Ramos e Felipe Braga. De atores, ingressam Ricardo Darín, Pedro Pascal, Daniela Vega, Eugenio Derbez, Doona Bae, Rossy de Palma, Sofia Boutella, Timothée Chalamet, Emilia Clarke, Blake Lively, Eva Green, Miles Teller, Danai Gurira, Lena Headey, Kumail Nanjiani, Amy Schumer, Léa Seydoux e Quvenzhané Wallis, entre tantos e outras nomeadas.
Na parte da direção, nomes conhecidos como Michel Gondry, Jean-Pierre Jeunet, Luca Guadagnino dividem espaço com cineastas jovens como Sean Baker, Andy Muschietti e Angela Robinson.
No mais, Kendrick Lamar, Sufjan Stevens e Daniel Pemberton tiveram seus talentos musicais reconhecidos ao passo em que a categoria de roteiristas recebe ninguém menos que J.K. Rowling, além de Jonathan Nolan, Joe Robert Cole e Stephen Chbosky.
Com tantos e muitos outros nomes de artistas envolvidos assim, qualquer cinéfilo que se preze e que não perde nenhuma transmissão da cerimônia (ainda) mais importante da temporada de premiações de Hollywood provavelmente já se questionou:

Como fazer parte da Academia e, assim, votar no Oscar?

Em poucas palavras: ser famoso não basta; é preciso mostrar que você, seja uma figura artística ou executiva, está atuante ou em relevância no ramo da sétima arte nos últimos anos. Uma indicação ao Oscar pode impulsionar, mas não se faz uma nomeação automática.
Além disso, cada uma das 17 divisões da Academia tem regras específicas para a admissão de um membro, envolvendo critérios como a quantidade de créditos da pessoa em filmes ou o quanto ela tem de experiência, sendo elegível também em casos méritos e contribuições especiais.
Basicamente, o processo começa na primavera americana com os comitês de afiliação de cada ramo da Academia examinando a lista de todos os possíveis sócios cujos pedidos foram patrocinados por dois membros da categoria. Todos os anos, os indicados ao Oscar são automaticamente considerados e não precisam de patrocinadores.
Na sequência, cada comitê da categoria envia suas listas de novos membros recomendados ao Conselho de Governadores da Academia, que toma a decisão final sobre quem será convidado.

Os critérios

Cada divisão possui sua própria metodologia de escolha, mas a maioria tem em comum a exigência de créditos em um número mínimo de filmes. Saiba quais são os critérios dos braços da Academia:
Atores: 3 créditos em filmes com roteiro no cinema lançados, pelo menos, nos últimos 5 anos e que todos “sejam de calibre que reflita os altos padrões da Academia”.
Direção de Elenco: 8 anos de experiência em escalação em filmes de cinema, com créditos em tela em 10 filmes, no mínimo.
Direção de Fotografia: 2 créditos em filmes de cinema como "Diretor(a) de Fotografia", com um deles lançado nos últimos 3 anos.
Figurino: 5 anos de experiência em filmes constando quatro créditos como "Figurinista".
Design: 5 anos de experiência e, pelo menos, 4 créditos em filmes como "Desenhista de Produção", "Diretor(a) de Arte" e "Decorador de Set".
Direção: 2 créditos em filmes como "Diretor(a)", sendo um deles lançado no cinema nos últimos 10 anos.
Documentário: 2 créditos como "Diretor(a)" e/ou "Produtor(a)" em filmes documentais lançados no cinema dentro dos últimos 5 anos.
Edição: Mínimo de 4 créditos em filmes no posto principal de "Editor(a)", com dois deles de cartela individual.
Maquiagem e Cabelo: 7 anos de experiência em maquiagem de longas-metragens ou hairstyling e uma posição de supervisão em, pelo menos, cinco filmes — três deles nos últimos 7 anos.
Música Original: 3 créditos em filmes, sendo um deles dos últimos 6 anos, na função de compositor, letrista ou edição musical. A categoria não contempla músicas que não foram escritas originalmente para um longa em questão.
Produção: 2 créditos em filmes como produtor, não incluindo produtor-executivo, coprodutor, produtor associado ou produtor de linha, no caso, quando o candidato executa a maioria das funções do cargo. Em filmes onde há mais de um produtor listado com "Produzido por", cada produtor recebe uma fração apropriada pelo crédito em vez do valor unitário inteiro.
Curtas-metragens e Animação: 2 créditos em um cargo-chave de criação em um curta-metragem em live action ou animado ou longa-metragem de animação.
Roteiro: 2 créditos em filmes.
Efeitos Visuais: 8 anos de experiência em uma posição principal de criação na área de efeitos visuais para cinema.
Som: Mínimo de 8 anos de experiência em trilhas sonoras de filmes, sendo dos 5 anos mais recentes dedicados no trabalho diário das faixas sonoras como mixador, engenheiro ou supervisor de edição de som. Já os editores de som devem ter 5 créditos em filmes nos quais foram responsáveis por conceito, planejamento e composição dos efeitos e elementos sonoros relacionados.
Executivos: 5 anos de experiência no cargo de executivo sênior de uma companhia de produção e/ou distribuição de filmes.
Relações Públicas: Mínimo de 10 anos de envolvimento em publicidade e propaganda, sendo 5 como chefe de departamento ou estrategista em companhia voltada a produção, distribuição, marketing ou publicação de filmes.
Associados: Sem votação, dedicada a pessoas de organizações cujas atividades primárias contribuíram para a arte e técnica do cinema.
Associados (Representantes de Artistas): Sem votação, voltada aos agentes com 8 anos de experiência.
Membros em geral: Exige 8 anos de experiência em filmes para atuantes de posições criativas em categorias sem braço específico na Academia, como coordenadores de dublês, de pós-produção e técnicos de preservação de filme.
Este texto foi escrito por Thiago Cardoso via nexperts.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Leitores Anônimos

Pages