O que restou - Resenha - Leitores Anônimos

Post Top Ad

Leitores Anônimos

O que restou - Resenha

Compartilhar

Livro: O que restou
Autora: Alexandra Oliva
Editora: Rocco
Ano: 2018
Páginas: 320

Sinopse:

Resultado de imagem para o que restouUm reality show de sobrevivência numa floresta, doze competidores testando seus limites, uma catástrofe capaz de pôr em dúvida nossa percepção do real. Romance de estreia de Alexandra Oliva, O que restou é um inquietante suspense de toques pós-apocalípticos. Na trama, Zoo e mais 11 concorrentes enfrentam as provas de um reality show ambientado numa floresta hostil, quando seu país é destruído por uma catástrofe em larga escala. Isolados de tudo e de todos e alheios aos acontecimentos, será que eles serão capazes de distinguir a realidade do simulacro em que se enredaram? Em meio ao esgotamento físico e psicológico e a um cenário assustadoramente devastado, Zoo reflete sobre a vida que deixou para trás, questionando as regras do jogo para o qual se candidatou. E enquanto luta para não ser eliminada, percebe que o mundo por trás das câmeras pode ter mudado drasticamente, sem que ela tenha se dado conta.




Iniciando mais uma leva de resenhas, hoje vamos falar sobre um dos últimos lançamentos da Editora Rocco, o livro “O que restou”. De cara nos deparamos com uma temática bastante interessante que já agrada pela premissa de apresentar um reality show daquele tipo que você com certeza não gostaria de participar. Esqueça o glamour, as câmeras capturando seu bocejo matinal, aquela disputa inocente pra ver quem vai ficar com a melhor refeição, ESQUEÇA TUDO ISSO.

Aqui, vamos nos deparar com as pessoas colocando pra fora seus instintos, tudo em busca da sobrevivência. 12 competidores serão deixados em uma floresta, onde são monitorados e testados por meio de provas de estratégia e sobrevivência.
Sei que você deve achar que a história lembra muito um outro livro que ficou pra lá de famoso e ganhou as telas dos cinemas com uma adaptação cinematográfica maravilhosa, e confesso que eu também achei que fosse ser algo desse tipo. Mas pode ler tranquilo que não teremos aqui uma cópia de Jogos Vorazes, essa é (também) uma obra muito original, por sinal.

Temos como foco a personagem Zoo, que é uma personagem que está imersa no reality e que por alguns motivos acaba se separando do grupo e decide seguir sozinha seu caminho. Já deu pra perceber que estou tentando ao máximo não dar spoilers, né? O que é difícil quando lemos um livro e gostamos bastante.
Porém, irei me controlar e falar apenas o que não irá atrapalhar a experiência de leitura de vocês.
Resultado de imagem para gif escondido na floresta
Sem spoilers, por favor!

Continuando: nesse novo caminho, Zoo acaba por encontrar uma nova amizade que irá ajudar na busca por informações que lhes sejam úteis. Porém, como desgraça pouca é bombagem, logo Zoo se dará conta de que coisas muito maiores do que um “simples” reality show estão acontecendo, e agora ela terá que aprender a sobreviver em um ambiente bem diferente do que ela estava acostumada a viver.
Nada é mais como antes, uma catástrofe de proporções inimagináveis aconteceu e ela se vê “perdida” tendo que absorver tudo o que acaba por descobrir e ainda assim ser forte o suficiente para se manter firme e forte. Ela agora precisa sobreviver, mais do que nunca.

Imagem relacionada 
É preciso seguir. Mas pra onde?

"Não importa o quê, vou seguir em frente. Vou romper sua linha de chegada, esteja onde estiver, e vou trazer comigo esse ser vivo cenográfico deles para que a minha vitória fique bem clara." Página 183

O que restou é um daqueles livros que consegue mexer com nosso emocional, pois por muitos momentos a gente se coloca no lugar dos personagens e fica pensando o que faríamos naquela situação. Vamos acompanhando a leitura e observando se os rumos que a trama segue seria os rumos que nós seguiríamos. Outro fator bastante interessante é que podemos entender que uma vida num reality show não se baseia apenas ao que acontece dentro do programa, mas também fora dele. Diversas coisas acontecem no mundo enquanto Zoo está na floresta, e o que ela terá que fazer quando sair de lá? Como absorver tudo o que vem acontecendo? A gente fica se perguntando: e se nós entrássemos em um programa assim, sem nenhuma informação externa, e de repente, ao sair dele, encontrasse o mundo completamente diferente daquele que deixamos pra trás? Como lidar com essa situação?

Resultado de imagem para gif sofrimento
Pode chorar, bebê. A tendência é piorar, mesmo. 

Sabe aquela frase que diz que “a luta não acaba quando termina”? Esse livro é bem isso. Você acha que todos os problemas de Zoo estão apenas em ter que sair da floresta, em sobreviver ao reality, mas na verdade não é. A autora conseguiu mesclar sensações muito bem, e trazer ensinamentos para a personagem que fez com que ela crescesse ao longo da história. Se por um lado, poderia parecer que as batalhas dentro do reality eram apenas para ganhar público, por outro lado vemos que aquilo foi muito importante para fortalecer Zoo, preparando-a para sobreviver em qualquer ambiente.

Mesmo em meio a todos os desafios, ela consegue fazer uma amizade que servirá como um apoio muito importante. Estou tentando não falar muito, não dizer nome de personagem, pra vocês viverem isso sem spoilers. Estou conseguindo?

Imagem relacionada
Chegamos ao fim e amamos. 

O livro está muito bem feito, revisão excelente, capa digna de nos deixar curiosos e capítulos bem divididos que não nos cansam. As histórias se alternam entre o reality e a vida de Zoo longe dos demais concorrentes. É uma leitura que flui, mas que também não é tão fácil quanto se pode imaginar. Mas é aquele “peso” que a gente fica feliz em carregar, pois ao terminar o livro você tem aquela sensação de que terminou uma jornada e que está feliz por ter passado por ela.

Se você é desses leitores que, como eu que, adoram uma história cheia de suspense, tenho certeza que O que restou é aquele livro que você precisa muito ler.

-----------------------------------------------------------------------

E vocês, seus lindos, que vem aqui, leem nossas matérias, mas não deixam um comentário, não me seguem nas redes sociais, nem dizem um oi para o pobre colunista aqui, só tenho um recado: estou de olho.


Segue a gente aqui, ó:

Instagram do Leitores Anônimos: @leitoresanonimos





pp




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Leitores Anônimos

Pages