O que vai ser de House of Cards sem Kevin Spacey? Showrunners adiantam! - Leitores Anônimos

Post Top Ad

Leitores Anônimos

O que vai ser de House of Cards sem Kevin Spacey? Showrunners adiantam!

Compart
House of Cards estará de volta à Netflix na próxima sexta-feira (2) para sua 6ª e última temporada, quase 1 ano e meio depois do encerramento da 5ª. O que esperar dos próximos episódios depois que todo o escândalo envolvendo Kevin Spacey fez com que o ator que interpretava o protagonista, Frank Underwood, fosse afastado da série pela Netflix?
Neste retorno, House of Cards vai trazer Claire Underwood (Robin Wright) na cadeira mais importante da Casa Branca. Como ela mesma disse no final da temporada anterior, agora é a vez dela de jogar! O problema é que a partida vai ser bem mais curta do que as anteriores. Isso porque, em vez dos 13 habituais episódios, esta season terá apenas 8.
Segundo os showrunners Melissa James Gibson e Frank Pugliese, foi preciso cortar bastante material que já havia sido filmado, justamente por conta da saída de Spacey, e eles tiveram que redirecionar conteúdo da trama para um plot que fosse convincente mesmo sem o protagonista.

"Foi uma recalibração significativa. Certamente houve um período de luto. Mas nós tivemos que responder, dadas as circunstâncias — no mundo real, mas também no mundo da série. Nós sabíamos que era realmente muito importante não terminar a história sem uma conclusão apropriada. E nós estávamos muito comprometidos em terminá-la organicamente e com integridade", diz Gibson.
Mas não foi fácil. Segundo Pugliese, 11 episódios já estavam prontos e tiveram que ser descartados, mas não integralmente. "A única resposta que podemos dar a isso é sermos criativos e contar a melhor história possível. Então aqueles 11 episódios se tornaram parte do processo."
Para isso, eles reorganizaram o que havia e transformaram em informação de background. Por sorte, trazer a Claire para o centro da história já estava nos planos dos criadores da série, o que tornou a tarefa menos complicada.
"Nós sabíamos que esta temporada seria sobre a vez da Claire e quem comanda a Casa Branca. E nós tínhamos isso. E nós sabíamos que ia se tornar uma situação muito tênue e difícil para uma mulher presidente ser propriedade de alguém, de alguma forma", comentou Pugliese sobre o fato de que, no final da 5ª temporada, Frank declarava que controlaria o mandato dela, o que talvez ele consiga fazer mesmo morto.
Graças à ausência física do protagonista masculino, será possível acompanhar mais de perto o relacionamento de conflito e respeito mútuo de Claire e Doug. Mas, principalmente, conhecer mais profundamente outros aspectos da vida da ex-primeira-dama. "Ficou claro que Claire teria que a examinar de um jeito mais profundo, e fez sentido cavar sua história e descobrir como ela chegou até aqui", declarou Gibson.
Sobre o que esperar da series finale, no entanto, os showrunners não dizem muito. Apenas que, de certa forma, ela conversa com o Capítulo 1, onde tudo começou.
Este texto foi escrito por Lu Belin via nexperts.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Leitores Anônimos

Pages