Netflix cresce e supera expectativas, mas fecha trimestre no vermelho - Leitores Anônimos

Post Top Ad

Leitores Anônimos

Netflix cresce e supera expectativas, mas fecha trimestre no vermelho

Compartilhar
Além de ganhar o coração dos fãs recentemente com o lançamento de séries originais, como A Maldição da Residência Hill O Mundo Sombrio de Sabrina, a Netflix está se saindo bem economicamente. A empresa revelou seu relatório financeiro do terceiro trimestre de 2018 e superou as expectativas dos acionistas.
A onda positiva chegou em boa hora para a empresa, que teve um segundo trimestre com ganhos abaixo da expectativa. O período de abril até junho teve 1 milhão de assinantes a menos do que o esperado pela companhia. A janela de julho até setembro, por outro lado, foi de crescimento.
Segundo os dados revelados pela Netflix, o serviço de streaming alcançou uma receita de US$ 4 bilhões durante os últimos 3 meses, 36% a mais do que o registrado no mesmo período do ano passado. Já o número de assinantes chegou a 137,1 milhões mundialmente, com a plataforma recebendo o número recorde de 6,96 milhões de novos usuários durante o trimestre. No mesmo período do ano passado, a plataforma ganhou 5,3 milhões de clientes.

Apesar do sucesso, a Variety aponta que a Netflix ainda fechou o período com fluxo de caixa negativo de US$ 859 milhões. O motivo? Grandes investimentos em produções originais. O objetivo da empresa é terminar este ano aplicando US$ 13 bilhões em novos conteúdos exclusivos.
Só no último trimestre, a Netflix lançou 676 horas de produções originais, 135% mais conteúdo desse tipo do que no mesmo período de 2017. Entre os programas exclusivos que chegaram de julho até setembro estão sucessos como a animação(Des)Encanto, a minissérie Maniac e filmes como Para Todos os Garotos que Já Amei.
Em uma carta, a companhia tentou tranquilizar os acionistas sobre os gastos excessivos dizendo que o objetivo é garantir lucros em longo prazo. "Esses investimentos parecem promissores para ajudar a manter a receita e lucros crescendo daqui para frente." A estratégia de produzir conteúdos originais visa evitar a queda de usuários da plataforma após o surgimento e a ascensão de competidores como o Amazon Prime Video, o Hulu e o futuro serviço de streaming da Disney.
Para o último trimestre do ano, que vai de outubro até dezembro, a Netflix espera alcançar ganhos de até US$ 4,2 bilhões. Além disso, a empresa prevê a chegada de 9,4 milhões de novos usuários à plataforma. Será que a companhia vai superar as expectativas novamente?
Este texto foi escrito por Mateus Mognon via nexperts.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Leitores Anônimos

Pages