Resenha: Uma noite e a Vida- Chris Melo - Leitores Anônimos

Post Top Ad

Leitores Anônimos

Resenha: Uma noite e a Vida- Chris Melo

Compart
Imagem relacionada

Livro: Uma noite e a Vida
Autor: Chris Melo
Páginas: 256
Editora: Fábrica 231 (Rocco)
Resultado de imagem para Uma Noite e a Vida 
Sinopse: 
Considerada a “Nicholas Sparks de saias”, a paulistana Chris Melo está de volta com mais uma trama sensível e romântica sobre a descoberta do amor. Em Uma noite e a vida, Virginia está disposta a deixar sua versão mochileira e passional para trás e entrar de vez na vida adulta, provando para família e para si mesma de que é capaz de crescer sem dramas, mesmo que abandonando sonhos pelo caminho. Prestes a se formar em publicidade, Caio vive a vida como se fosse um galã do cinema, acredita que seu charme lhe abrirá muitas portas, e que a vida se resume a festas, garotas, cigarros e música. Quando o destino une a vida dos dois jovens, Virginia se reencontra com seu lado sonhador, e Caio descobre que nem todo carisma do mundo é capaz de resolver alguns problemas. Entre conflitos familiares, segredos e inseguranças, eles descobrem juntos que amadurecer é doloroso e que o amor chega sem aviso, e acontece mesmo para aqueles que ainda não estão preparados para ele. 

Virgínia é inconstante e sonhadora por natureza. Depois de largar tudo para viver como mochileira e retornar a São Paulo logo após a aventura não se desenrolar da maneira como havia imaginado, a jovem fotógrafa se conforma com uma rotina pacata e saudável e um emprego entediante, mas que paga suas contas. Ela deseja a todo custo provar aos pais (e a si mesma) que está pronta para encarar a vida adulta de forma independente e sem confusões, mesmo que isso signifi que deixar seus sonhos e planos grandiosos para trás.

Caio é o típico garotão boa-praça, que sempre conquista a todos com seu charme, estilo despojado e bom papo. Apaixonado por música, festas, garotas, cigarros e muita farra, o jovem está prestes a se formar em publicidade, mas seus pensamentos escapistas o impedem de vislumbrar o futuro recheado de responsabilidades que se aproxima. E está bem assim – ele sempre acredita que está e que as portas vão sempre se abrir por onde quer que passe.

Quando o destino une a vida dos dois, Virgínia redescobre seu lado amoroso, divertido e sonhador. Caio, por outro lado, se dá conta de que nem todo o carisma do mundo é capaz de resolver alguns problemas. Entre confl itos pessoais e familiares, segredos que vêm à tona e momentos de insegurança, eles se apoiam na esperança de que a empatia seja maior do que todas as diferenças e que o sentimento que os envolve seja mais forte do que toda a realidade.

Em uma narrativa dinâmica, sensível e leve, esses dois jovens paulistanos descobrirão que crescer é mais do que contar aniversários e quitar boletos, que amadurecer dói e alivia na mesma medida, que sucesso pode, muitas vezes, ser um conceito totalmente distorcido e que amar está além do que as canções de amor são capazes de entoar.

Fazia um tempinho que a gente não trazia pra vocês um romance fofinho, cheio de amorzinho e com uma daquelas histórias que a gente se pega pensando em como poderia ter acontecido conosco, ou com um amigo, ou até mesmo enxergando algumas coisas dessa história na nossa vida.
É assim que eu começou hoje essa resenha de um livro lindo e cheio de detalhes que nos faz refletir sobre aspectos da nossa própria vida.
Em “Uma Noite e a Vida”, Chris Melo nos faz mergulhar na história de Virgínia e Caio, um casal completamente diferente mas que resolvem se entregar ao amor e fazer o possível e o impossível pra que essa história possa dar certo. A incompatibilidade aflorada entre eles, que pode fazer com que o romance pareça destinado a dar errado traz um toque de esperança, de que vale a pena tentar sempre.
Mesmo sendo muito jovem, Virgínia é uma garota apaixonada por fotografia mas que tem o grande defeito de querer carregar o peso do mundo nas costas. Ela lida com seus problemas e ao mesmo tempo quer resolver os problemas alheios, faz cobranças excessivas sobre si mesmo e acaba levando tudo muito a sério demais.
De outro lado, temos um rapaz que é oposto. Caio está no curso de publicidade, com um pé na formatura, e não abre mão de sua vida de diversão.
São dois opostos que acabam se atraindo em meio ao acaso. Poderíamos aqui dizer que o destino os uniu? Sim, poderíamos. Você acredita em destino? Esse livro mostra que existe uma força maior capaz de fazer com que pessoas que possam ter pensamentos diferentes se encontrem e busquem um objetivo comum: ser felizes.
Virgínia precisa tirar um pouco da seriedade que guia sua vida, ver o mundo com um olhar mais belo, dar mais risadas, ser mais leve, ao mesmo tempo em que Caio precisa ter um pouco mais de seriedade, alguém que o ajude a se situar, a encontrar a direção, a ver que nem tudo é festa. Eles são como o Yin e Yang, que juntos encontram a sintonia.
Uma história que mostra que sim, há conflitos, problemas, inseguranças numa vida a dois, mas que quando o amor fala mais alto tudo pode ser resolvido. Uma história leve, linda, solta, que flui. Aquele livro fofo, que quando você termina fica abraçadinho com ele respirando devagarinho e já com saudade dos personagens.








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Leitores Anônimos

Pages